segunda-feira, 5 de abril de 2010

PROFETA ELIAS

ELIAS
O nome Elias significa
"O Senhor é Deus" ou
"O Senhor é meu Deus",
já expressa seu caráter e sua
função na história bíblica.
Ele foi um campeão do
monoteísmo de Yahweh.
É ele, juntamente com outros
sete mil, que mantém a fé em
Yahweh entre o povo, mesmo
diante das perseguições de
Jezabel contra o monoteísmo.
Sua árdua luta contra todo
sincretismo religioso faz deste
profeta, que "surgiu como
fogo e cuja palavra queimava
como uma tocha", um dos
profetas mais respeitados
simultaneamente entre
judeus e cristãos.
Enquanto o livro do Eclesiástico
(48,1-11) canta suas glórias, os
livros dos Reis nos contam sua
vida de forma ampla.
Nesta narração distinguem-se
dois ciclos: "o ciclo de Elias"
(1Rs 17 - 2Rs 1,18), que se
centra na atividade do profeta,
e o "ciclo de Eliseu" (2Rs 2-13),
que começa com o arrebatamento
de Elias, momento em
que Eliseu o sucede. Originário de Tesbi, na região da
tribo de Naftali, mais tarde
chamada Galiléia, Elias exerceu
seu ministério no reino do Norte,
no século IX a.C., em tempos de
Acabe e de Ocozias. Primeiro descendente da família
de Amri, Acabe, que subiu ao
trono no ano de 874 a.C., havia
desposado Jezabel, filha de
Etbaal II, rei de Tiro e grande
sacerdote de Astarté (1Rs 16,31),
que ensinara à filha o mesmo
culto idolátrico e as
mesmas práticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário